Governo do Distrito Federal
31/05/22 às 9h30 - Atualizado em 31/05/22 às 11h28

Professora de Ceilândia recebe prêmio nacional

COMPARTILHAR

Reportagem: Jacqueline Pontevedra | Revisão de texto: Alzira Neves

 

Professora Celiana Mota Rodrigues. Foto: Daniel Fama – EAPE/GITEAD

 

A participação nos cursos Mulheres Inspiradoras, Cidadania e Democracia desde a Escola e Reconhecendo a Diversidade Sexual na Escola – oferecidos pela Subsecretaria de Formação Continuada dos Profissionais da Educação (EAPE) – foi importante e decisiva para motivar a professora de Língua Inglesa do Centro de Ensino Fundamental 16 de Ceilândia, Celiana Soares, a realizar o Projeto Desiderata, que tem por objetivo incentivar o hábito da leitura e desenvolver o senso crítico dos estudantes.

 

“O projeto começou em 2019 e a motivação principal foi combater a violência na escola. A grande estratégia é a utilização de diversos textos, poesias, músicas e pequenos vídeos sobre temas importantes, como direitos humanos, equidade de gênero, relações étnico-raciais, diversidade sexual e cidadania. Um diário de bordo também é utilizado para o registro das experiências. Desiderata significa aquilo que se deseja, então todo o projeto é voltado para promover a cultura de paz no ambiente escolar. É um trabalho lento, mas aos poucos a gente consegue trazer essa consciência crítica para os estudantes para que eles possam ter conhecimento sobre essas temáticas. A partir disso vão ocorrer mudanças de atitude para uma melhor convivência”, explicou Celiana.

 

Depois das diferentes leituras, os estudantes participam de rodas de conversa. No início do projeto, participaram 45 estudantes. Já na segunda edição, o número foi ampliado para 100 alunos. Durante a pandemia, os encontros migraram para o ambiente virtual e outros professores da escola também se integraram ao projeto. Hoje, todas as turmas dos 8º e 9º anos do turno matutino participam do trabalho, que envolve 400 alunos. As turmas do 7º ano já iniciaram a leitura.

 

O coração do projeto são os estudantes. Eles são os grandes protagonistas dos lindos desenhos, textos e poesias. Percebemos nessas produções o desenvolvimento do senso crítico que vai promover comportamentos de paz e de respeito à diversidade”.

 

Em 2019, a estudante Gabriely Garajau, que na época cursava o 9° ano, participou do nascimento do projeto. Sobre a experiência, ela fez avaliações positivas. “O Projeto Desiderata é sinônimo de desejo, sonho e propósito. Com ele, os estudantes podem sentir e ter a certeza da importância do que é o conhecimento. É um projeto que todas as pessoas precisam participar para compreender o tamanho do significado que ele tem e das mudanças magníficas que acontecem nas nossas vidas”, ressaltou.

 

Neste ano, a professora Celiana já realizou o Desiderata Comunidade. “As mães, os pais ou responsáveis pelos estudantes foram os protagonistas nas rodas de conversa e foi muito enriquecedor. Para os estudantes, haverá momentos de partilha com outros convidados e pretendemos realizar também o Desiderata Sarau para valorizar os trabalhos artísticos realizados pelos alunos”, concluiu a professora.

 

Reconhecimento nacional

 

O Projeto Desiderata foi o grande vencedor da segunda edição do Prêmio Professor Transformador – promovido pelo Instituto Significare e a Bett Brasil 2022. A premiação reconhece e valoriza projetos de educação transformadora e a cerimônia ocorreu no dia 11 de maio, durante a Bett Brasil 2022, maior evento de educação e tecnologia da América Latina, realizado em São Paulo (SP). 

 

Professora Celiana durante palestra para os formadores da EAPE. Foto: Daniel Fama – EAPE/GITEAD

Alcançar o primeiro lugar nacional é ter o reconhecimento dos estudantes da escola. Eles voltaram às aulas presenciais desmotivados e evidenciamos comportamentos violentos. O Projeto Desiderata ter sido considerado uma referência anima e motiva todos da comunidade escolar”, enfatizou Celiana.

 

Além do troféu, a professora recebeu R$ 7 mil. Mais de 820 projetos foram inscritos no prêmio, em quatro categorias. Do total, 350 foram escolhidos como transformadores e 12 foram selecionados como finalistas.

 

O nome do projeto remete ao poema do filósofo e poeta norte-americano Max Ehrmann (1872-1945), que carrega mensagens de fé, amor e esperança. Palavra de origem latina, desiderata significa aquilo que se deseja e, para muitos, é interpretado como caminho para o bem comum.

 

Importância da formação continuada

 

No dia 30 de maio, às 14h30, no auditório da EAPE, a professora Celiana Soares fez uma apresentação do Projeto Desiderata para os formadores da subsecretaria. “A formação continuada é de extrema importância para os professores regentes. Na EAPE, o trabalho realizado por mestres e doutores fornece respaldo teórico e legal para fundamentar nossos projetos para que eles integrem o Projeto Político-Pedagógico. A ideia de elaborar o projeto partiu de mim, mas não conseguiria fazer sozinha. Há uma equipe gestora e docente que nos apoia nesses movimentos e é isso que faz com que o projeto cresça e se fortaleça para o benefício da comunidade escolar. Divulgar e apresentar os resultados do projeto aqui na EAPE é agradecer e valorizar o trabalho dos formadores que fazem parte dessa história. Os cursos oferecidos na EAPE dão frutos”, ressaltou.

 

Quem também enfatizou a importância do Projeto Desiderata foi a Subsecretária de Formação Continuada dos Profissionais da Educação, Maria das Graças de Paula Machado. “É necessário ressaltar os trabalhos realizados pelos professores nas escolas da rede e o Desiderata é um exemplo de qualidade, um projeto pedagógico primoroso. A EAPE tem feito uma coleta de projetos exitosos que são realizados na rede pública e que poderão ser publicados na Revista Com Censo”, destacou a subsecretária.

 

Podcast Informativo EAPE

 

Projeto desenvolvido pela professora Celiana Mota Rodrigues Soares, do Centro de Ensino Fundamental 16 de Ceilândia, recebeu premiação nacional. O trabalho também é fruto dos cursos realizados na Subsecretaria de Formação Continuada dos Profissionais da Educação. Esse foi o tema da quinta edição do podcast Informativo EAPE. Esse trabalho apresenta reportagens de até cinco minutos que são compartilhadas nas principais plataformas de streaming, pelo Whatsapp e ficam disponíveis aqui também.

 

Para ouvir o áudio, é só dar o play no link abaixo:

 

 

Subsecretaria de Formação Continuada dos Profissionais da Educação - Governo do Distrito Federal

EAPE

SGAS 907, Conjunto A - CEP: 70.390-070
(61) 3901-4942
e-mail: eape@se.df.gov.br